terça-feira, 19 de julho de 2011

EM REVERÊNCIA


Acordei cedo
Em gesto de reverência à vida
Queria ver como as flores
Despertam e saúdam seu dia

As flores, tão mais belas, tão mais jovens,
Nem sentiam que eu estava ali
Só sabiam sorrir para Ele...
E fiquei só, na compreensão do momento

Mas ele sempre fica longe, tão longe do alcance
E do sentir...Aos poucos fui recebendo o perfume
Das flores, recolhendo, respirando

Ao fim do dia,
Virei fragrância de luz
Mar beijando o crepúsculo!

2 comentários:

  1. Parabéns! Magnifico.

    ResponderExcluir
  2. Venho retribuir sua visita, agradecer pelo elogio e cumprimentá-la pelo Dia do Escritor (25/07/11).
    Grande abraço do
    Carlos Morandi
    Brasil

    ResponderExcluir

Receber um comentário é sempre bem-vindo...Sua participação é importante.