sexta-feira, 21 de outubro de 2011

FLORES AO CHÃO



Flores ao chão





As flores caíram ao chão...
A dor que veio não foi porque se despedaçaram.
Não foi porque foram apartadas do seu porto seguro...
E pelo que foi feito de suas cores.


Foi porque traziam a lembrança do teu amor!
Aquele amor que se vestia de espinhos na primavera
Cujo fruto amadurecido alimentava tantos sonhos
De minha quimera.






Flores também são livros...
Por elas conseguimos ler o que vai ao coração de alguém.
São mensagens refletidas em meio ao nada
A consagrar o carinho que se tem.


Busquei juntá-las em outro vaso...
Desta vez reguei com lágrimas...
Só lágrimas abrem as portas da verdade
Só com lagrimas se corrige a natureza humana.

Carmem Teresa Elias e De Magela
VB03/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receber um comentário é sempre bem-vindo...Sua participação é importante.