segunda-feira, 14 de março de 2011

A PALAVRA POÉTICA

Trago uma homenagem composta em parceria virtual pelo Dia da Poesia
Dedicado a todos os poetas


DIA NACIONAL DA POESIA



Nascimento do Poeta

CASTRO ALVES



Carmem Teresa e Walter de Arruda



A PALAVRA POÉTICA

 
Com

Esses traços

Ternos e enigmáticos...

Que escrevestes nas palmas

De minhas mãos...... Nas linhas da Vida

E nos sulcos dos caminhos...

Vicinais que margeiam bosques...

Florestas, casinhas bucolicas...

Entre plantações floridas

De campos eternos

Que percorrem

O horizonte...

Dos nossos Corações...





Desejos

E anseios

Espremidos

Entre falas... Pagãs

Rituais... Danças mundanas

De uma poesia que quer conhecer

A si pelos olhares múltiplos

De toda uma vida...

Hora de voltar

A compor

E voar...



A palavra poética

É mais que uma dádiva,

Mais que um louvor das falas,

Carrega uma bênção misteriosa

Vive íntrinseca ao silencio

E à combinação audivel

 

É emoção, desatino,

Desafio com destino próprio

D'alma no coração...

 

Divino

Verbo exaurido

A conjugar expressão

Em meio a rituais primitivos

De buscas significativas

Passa dança mundana

Nos mais sonoros elos

 
Criação

Composição

Reinvenção do Si místico

Até conhecer o Verso

Espargindo olhares

Múltiplos

Da vida...



Alí

A Música

Voa acordes

Melódicos e desperta

As estrelas ao sol

Sonhando pleno

Meio dia...

 
***
google/imagens




domingo, 6 de março de 2011

VENEZA ANTIGA


Poderia estar em qualquer uma dessas faces...
Mas, simplesmente,
Estou em todas !!

Na maneira mais fácil
De ser...
Em sonhos que ali se fazem
E pelos tempos perduram...

A vida
É o carnaval mais puro...
Eterna antiga
Fantasia
Que pulsa
Pula
Maravilha
Deslumbra...

E, em própria vida,
Se transmuta
E esconde!!!!!