terça-feira, 19 de julho de 2011

EM REVERÊNCIA


Acordei cedo
Em gesto de reverência à vida
Queria ver como as flores
Despertam e saúdam seu dia

As flores, tão mais belas, tão mais jovens,
Nem sentiam que eu estava ali
Só sabiam sorrir para Ele...
E fiquei só, na compreensão do momento

Mas ele sempre fica longe, tão longe do alcance
E do sentir...Aos poucos fui recebendo o perfume
Das flores, recolhendo, respirando

Ao fim do dia,
Virei fragrância de luz
Mar beijando o crepúsculo!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

EXPRESSÕES, E NADA MAIS...




Não vai ser pera doce, não..

Estamos feitos ao bife



Voltando à vaca fria,

Você deu uma de barata tonta

e me deixou com um balde de água fria



Fiquei de mãos a abanar

cabeça de alho choco

e uma imensa pedra no sapato



Até descalçar essa bota

e ter pernas para andar

vou indo em frente

com cabeça , tronco e membros



E pode tirar o cavalinho da chuva....

Se você vai passar-se dos carretos,

ou se vai aos arames,

Não engulo mais os sapos

nem meto os pés nas argolas

Simplesmente use as pernas para andar!!!!!!

ou não vai jamais sair da corda bamba....

sábado, 2 de julho de 2011

CAFÈ NOIR ..RENOIR

.RENOIR...






Carmem Teresa e Walter de Arruda








Não...

Não consigo

Por mais que faça

Desviar teus traços, Musa

Minha que desejas tanto me amar

E na tela que emerge entre as águas

De tuas lágrimas, nosso pranto

Surge imenso, doce e, belo

Nosso Amor em luz

É claro e nunca

Poderá existir

No nosso

SER



***



Telas de Renoir

google/imagens

Carmem Teresa Elias e Walter de Arruda

www.poesiasdecarmemteresa.blogspot.com

www.poetasdelmundo.com/verinfo.asp?ID=7316




sexta-feira, 1 de julho de 2011

RENOIR...PARIS...




RENOIR...PARIS...

CARMEM  TERESA E WALTER DE ARRUDA
Sobre

As canções

A Lira entoava

Cores plenas de vida

Que de suas telas flutuavam...

Danças... Bailados... Conversas

Burburinhos... Segredos... Moças lindas

Refletidas em águas do Senna

E maresias vizinhas

Nas águas doces

E salgadas







Uma mão

Se dá à outra

Tons nas imagens

Autoras dos sonhos...

Deste se iam a cintilar

Bosques... Cafés... Parques...

Ateliê... Cantos... Iluminados...

Com ou sem toda essa luz

Ali mora sim o Infinito

A que o Artista dá cor

E iluminação...

Com desejos

Coração

Amores...

Tanto Amou...Tanto Amou...



                                                                 ( Composição de 2009)
                                                                     ( imagens Google)