quarta-feira, 19 de junho de 2013

ACORDA, BRASIL!

Acorda, Brasil, Desperta da montanha



De que servem teus braços
Sempre entregues em trabalho pesado?

De que servem teus pés
Atolados em lamas nem sempre de terra?

De que serve teu corpo forte
Dilacerado em fome, miséria, falta de escola?

Tua mente moldada em apatia de massas
Teu coração enganado em promessas falsas

Dorme uma nação gigante
Como um postal.... Gigante de pedra
Montanha que só de longe se avista
Do vasto oceano de quem chega ao Rio

Dormirás eternamente como a montanha
Escrava das pedras?
Calarás tua voz, adormecida e esplêndida
No canto inconsciente de um hino?

Ou haverá, enfim, um despertar?
Raios fúlgidos, brado heroico,
Primavera dos bosques, consciência e sol de liberdade...

Tua vida mais viva
Em mais vida, mais amor
Sopro nascido de mundo novo.

Acorda , acorda e levanta
Levanta teus braços, teus pés, teu corpo
Ergue a voz, o canto, o grito, a dor

Espelha no agora tua grandeza
Pois um país se faz de homens

Luta, justiça, clamor e honra !

2 comentários:

  1. Boa tarde, Carmen. Um país tem de acordar em prol da sua sociedade, desde que todo e qualquer manifesto seja ordeiro.
    Cidadania nada mais é do que reivindicarmos o que é nosso de direito, o que cremos que precisa ser mudado.
    Não devemos calar a nossa voz e deixarmos nossa morada despedaçar!
    Beijos na alma e excelente semana!

    ResponderExcluir
  2. Olá Carmem

    Um grito retumbante.

    Acorda Gigante!

    Informação, conhecimento, é só que falta para o despertar. A omissão de informação, a dissimulação das ideias trabalha em prol do sono profundo do gigante que sonha com liberdades enquanto ajuda, sem perceber, na construção de suas próprias prisões.

    Abraços

    ResponderExcluir

Receber um comentário é sempre bem-vindo...Sua participação é importante.