quarta-feira, 26 de outubro de 2011

ESCREVER É UMA ILUSÃO! UM FILME QUE O CORAÇÃO ASSISTE...



Ah! Lembraste de mim...!

E minhas lembranças somam-se às tuas.
Deste elo que sai por metáforas...
Das frases curtas de poesias com perdão.


Escrever é uma ilusão! Como um filme que meu coração assiste...
Quando das formas eruditas, se extrai a película.
Teu rosto faz as melhores cenas...
Tua alma não nega, mesmo em fantasia, mais esse abraço.


Mas o teu olhar não é um filme que se escreve!
Quem sabe sem essa platéia solitária da minha ilusão...!
Deste cinema mudo: Chaplin, música e do lirismo que está meu coração...


Em meio às contas, cedo o tempo para de ti estar perto...
Com a ilusão que se dá ao perdão e a fantasia! Memória sem cansaço!
É nesta página branca do amor e de poesia, que te deposito o meu abraço.






De Carmem Teresa Elias e De Magela

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receber um comentário é sempre bem-vindo...Sua participação é importante.