segunda-feira, 27 de junho de 2011

PEQUENA LIÇÃO DE HISTORIA




Tupã

Wayaná

Kaimbé

Guajá

Caiapó

Ajurú

Tupi

Pataxó

Javaé

Marubo



Deus

Naus

Cabral

Portugueses

Catequese

Anchieta

Corte Real

Capitania
Extrativismo!!!!!

 
Independencia????



Marriot

Windsor

Uncle Sam

Empire

Globalization

Abroad

Delete!



Oh, my GOD!!!!!!!!
 

sexta-feira, 17 de junho de 2011

PERTO DE TEUS OLHOS EU ESTOU EM CASA--PERFIL

PERTO DE TEUS OLHOS EU ESTOU EM CASA - PERFIL








Em meu ser lutam e convivem tantos outros, estranhos perfis,

Que nem sei se ao menos sabem de mim...

Ouço suas vozes e seus gritos.

No silêncio, o desespero, desses corpos aflitos.





As perguntas são muitas,

Mas temo não responder...

Sou uma confluência destas vozes

Que clamam por vida, na ausência de apego



Na forma de dor mais apertada...!

Nos sentimentos que só em mim são visíveis...!

Na saudade, na solidão, no flagelo...

Na volúpia das figuras inumanas descontroladas e sensíveis!




Não sei mais se é assim...!

Não sinto mais o gosto das coisas...

Não separo o medo intruso

Para que o amor simplesmente vença!





Na fúria da aceitação, ou na mansidão da recusa,

Atiro palavras a ti, porque em tudo és o meu mar...

É o momento que vence o silencio da noite

Para recriar absurdos!



É o verdadeiro poema e eterno...

Que a vida resgata em poesia,

Quando perco a coerência dos teus olhos

Sonhando alegria.



Em meu ser lutam perfis estranhos que não sabem de mim.

Soubessem, por-me-iam vestido sobre tuas águas.

Não se perderiam as palavras e os meus caminhos!

Porque perto de teus olhos, estou em casa.





Carmem Teresa Elias e De Magela

sexta-feira, 10 de junho de 2011

PRIMEIRAS PALAVRAS...A MEU POETA

O coração

Quando se depara com o amor

Se reconhece

E Quer logo falar




Em sua expressão mais bela

Usa todas as palavras

Em poesia mais plena... completa

 E ao se ver

E depois se ler

Lembra-se sempre

Da mais linda noite de todas as noites



Quando o coração se declara poeta

E o amor à Musa amada se confessa








  ( UMA HOMENAGEM AO POETA WALTER DE ARRUDA )
  ( Recanto das Letras e Poetas del Mundo)
                                                                    
   

TABULEIRO DE XADREZ

Tabuleiro de xadrez






Na vida sou seu tabuleiro de xadrez:

Limites traçados para o amor em preto e branco

Entremeios de desejo e desprezo...



Jogo a saudade entre as torres de seus medos

Galope de sentimentos sem trégua para astúcia...

Tombando o rei, tomba a rainha,

 E não basta a escolha dos seus dedos.



 Amor não se movimenta ao acaso!

Emoções deturpam-se neste espaço à vontade...

E quando a noite me vence toda negra: Chega a lua...

Seu convite é mais uma jogada de quem quer amar de verdade!






                      De Carmem Teresa Elias e De Magela


                               ( IMAGEM GOOGLE)

quinta-feira, 2 de junho de 2011

DOCE ENTREGA

A entrega mais doce

É o espargir do perfume das flores



Sedução impalpável

Como Almas que se libertam do corpo

A expandir beleza na forma de amores ...


Perfumes de flores

São sonhos, da vida são sabores



As flores se doam

Além de si...



Êxtase

De aroma

A cada novo botão...